A Base de Dados em Arquivística (BDA) foi proposta como Projeto de Iniciação Científica “Construção de um modelo de base de dados na área de Arquivologia”, em agosto de 2019, com a participação de alunos de graduação, bolsistas e voluntários, da Faculdade de Ciência da Informação, da Universidade de Brasília, sob a coordenação da Profa. Dra. Kátia Isabelli Melo. Uma referência para a criação desta Base foi o Centro de Información en Documentación Archivística (CIDA), vinculado ao Ministerio de Educación y Cultura, da Espanha.

O objetivo principal da BDA consiste em reunir e dar acesso à produção científica e técnica em Arquivologia/Arquivística, configurando-se como uma fonte de pesquisa e, ao mesmo tempo, o repositório científico da área, inédito e original, possibilitando que as informações se revelem transparentes e de livre acesso para os discentes, docentes, pesquisadores e público em geral. A estrutura da BDA conta com três categorias: a) Periódicos – composta por artigos de revistas impressas e digitais, incluindo relatos de pesquisa, relatos de experiência, artigos de revisão, dentre outros; b) Monografias – onde se inserem os livros, capítulos de livros, cartilhas, manuais; c) Eventos científicos – com a inclusão dos Anais dos eventos da área arquivística, preferencialmente. Como critérios de cadastramento dos itens na BDA adotou-se: 1) produção científica e técnica predominantemente no idioma português, de autores nacionais; 2) produção científica e técnica de autores nacionais publicada em outro idioma, justificada pela necessidade de se pôr em evidência a produção nacional da área, valorizando a ciência e seus produtores; 3) produção científica e técnica de autores estrangeiros convidados para participarem de eventos científicos e de obras diversas.

A BDA é um produto do Grupo de Pesquisa Estudos Prospectivos: formação e atuação profissional do arquivista, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Esta base adota o Tainacan, software livre e flexível de criação de repositórios e acervos digitais em WordPress, desenvolvido pelo Laboratório de Inteligência de Redes da Universidade de Brasília, com apoio da Universidade Federal de Goiás e do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), sendo isenta de fins comerciais.

Agradecimentos:
Profa. Monique Magaldi – Universidade de Brasília
Prof. Rene Faustino Gabriel Júnior – UFRGS
Lucia Regina Pires Soares (Bibliotecária)
Joquebede Oliveira T. da Silva (Museóloga)
Núcleo de Tecnologia da Informação/FCI, da Universidade de Brasília