30 de março de 2020 por 

Este artigo transcreve dois textos produzidos há quatro décadas numa conjuntura histórica precisa, quando se empreenderam ações para renovar e modernizar o Arquivo Público do Estado do Espírito Santo. São efetuadas diversas considerações sobre as áreas de administração geral, administração de pessoal e administração material da referida entidade, um arquivo de custódia permanente. Naquela época, também se ampliavam em nosso país os estudos teóricos sobre arquivologia e as iniciativas para revigorar as instituições arquivísticas brasileiras, sobretudo no âmbito dos poderes públicos.

Categoria: - Comentários: Comentários desativados em Resumo